sexta-feira, 14 de setembro de 2012

O raciocínio feminista é perverso

O raciocínio feminista é perversoby O. Braga
 
« Housewives in India may soon start getting monthly salaries from their husbands with the government mulling a policy proposal which would make it mandatory for men to share a certain percentage of their income with their wives who stay back and do household chores. »


via India: Homemakers may get monthly salary from husbands.
O raciocínio feminista é perverso.

Segundo a ministra indiana e feminista Krishna Tirath, o marido indiano tem que pagar à sua esposa pelo trabalho, por exemplo, de cozinhar; mas o homem já não pode exigir à mulher a respectiva metade da despesa tida, por exemplo, com a renda da casa.

Ou seja: para a ministra feminista, a renda da casa é da responsabilidade do casal, mas a culinária é exclusivamente da responsabilidade do marido que tem que pagar esse serviço doméstico à mulher.

Quando o Estado se mete dentro da família, a sociedade inicia o seu processo acelerado de decadência.

O. Braga | Sexta-feira, 14 Setembro 2012 at 10:11 pm | Tags: família | Categorias: ética, feminismo, Política, politicamente correcto | URL:
http://wp.me/p2jQx-d7d

Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com
http://metodologiadoestudo.blogspot.com
http://direitoreformacional.blogspot.com
http://biologiareformacional.blogspot.com


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário