sexta-feira, 30 de março de 2012

Qual O Maior Propósito de DEUS para a sua Vida?


terça-feira, 27 de março de 2012

A Federação Espanhola das Mulheres Progressistas despede uma sua funcionária por estar grávida

A Federação Espanhola das Mulheres Progressistas despede uma sua funcionária por estar grávida


by O. Braga

"La Federación de Mujeres Progresistas despide a una de sus trabajadoras por quedarse embarazada."



via La asociación feminista del PSOE despide a una mujer por quedarse embarazada - Libertad Digital.



A Federação Espanhola das Mulheres Progressistas, ligada ao Partido Socialista espanhol, despediu uma sua funcionária porque entretanto esta ficou grávida. Em termos objectivos, o que isto significa é que uma mulher "progressista" deve negar a sua própria natureza e não ficar grávida; e significa que a mulher "progressista" deve ir ao encontro das ideias do patrão que despede uma trabalhadora por esta ficar grávida.



A mulher progressista é a maior aliada que um patrão machista e desumano pode ter.

O. Braga
Sexta-feira, 9 Março 2012 at 7:52 pm
Categorias: aborto, ética, cultura, feminismo
URL: http://wp.me/p2jQx-aDX

Comentário See all comments




Divulgação: http://cultura-calvinista.blogspot.com/

O mito da ‘felicidade da mulher’ depois da revolução sexual

O mito da ‘felicidade da mulher’ depois da revolução sexual


by O. Braga

"Using 35 years of data from the General Social Survey, two Wharton School economists, Betsey Stevenson and Justin Wolfers, made the case in 2009 that women's happiness appeared to be declining over time despite their advances in the work force and education."



via Has the Sexual Revolution Been Good for Women? Mary Eberstadt: No - WSJ.com.

O. Braga
Terça-feira, 27 Março 2012 at 8:59 am
Tags: marxismo cultural, mulher, Utopia negativa
Categorias: aborto, ética, cultura, educação, feminismo, politicamente correcto
URL: http://wp.me/p2jQx-aPy 
 
Divulgação: http://mulherreformada.blogspot.com/

sexta-feira, 16 de março de 2012

Como as Mulheres Devem se Vestir?

Como as Mulheres Devem se Vestir?



Comentário de Calvino sobre 1 Tm 2.9, 10 ("Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras"):
________________________

9. Que do mesmo modo. Conforme ele havia ordenado aos homem para que levantassem mãos puras, agora ele prescreve a maneira pela qual as mulheres devem se preparam para orarem corretamente; e parece haver um contraste entre aquelas virtudes que ele recomendou e a santificação externa dos Judeus; para isso ele sugere que não há lugar profano, nem qualquer lugar onde ambos, homem e mulher, não podem se aproximar de Deus, desde que não sejam excluídos por seus vícios.
Ele pretende abraçar a oportunidade de corrigir um vício de que as mulheres geralmente são propensas, e que talvez em Éfeso, sendo uma cidade de grandes riquezas e vastas mercadorias, especialmente abundavam; esse vício é a vontade e desejo de se vestir ricamente e abundantemente. Ele [o apóstolo] deseja, portanto, que suas roupas [das mulheres] sejam reguladas pela modéstia e sobriedade; para [mostrar] que o luxo e os gastos imoderados surgem do desejo de aparecer, quer por causa do orgulho, ou por se apartarem da pureza e simplicidade. E, portanto, é daí que deriva-se nosso dever de regular a moderação, pois desde que o vestir-se é uma questão indiferente (assim como todas as questões exteriores o são), é difícil estabelecer um limite fixo sobre o quão longe se pode ir. Os magistrados [governantes] podem de fato estabelecer leis pelas quais a vontade de se exceder em gastos supérfulos seja em alguma medida contida, mas mestres piedosos cuja trabalho é guiar as consciências, devem sempre manter em vista a finalidade pretendida pela lei. Isso, pelo menos, será concorde sem qualquer controvérsia, que tudo aquilo que no vestir-se não esteja de acordo com a modéstia e sobriedade, é certamente desapropriado.

No entanto, devemos sempre começar com as disposições, pois onde reina a devassidão, não haverá pureza, e onde reina a ambição, ali não haverá modéstia no vestir-se exteriormente. Mas porque muitos hipócritas comumente aproveitam-se sobre todo tipo de desculpa que eles podem encontrar para ocultar suas disposições ímpias, nós temos a necessidade de tornar claro e comentarmos sobre aquilo que nossos olhos podem ver. Seria infâmia [vileza] negar a adequação da modéstia como sendo o ornamento virtuoso e peculiar das mulheres modestas ou o dever de todas observarem essa conduta - tudo que se opõe a essas virtudes é vã desculpa. Ele [o apóstolo] expressamente censura certos tipos de excesso [que vão além da modéstia], como cabelos ondulados, jóias e anéis de ouro; não que o uso de ouro ou de joias seja expressamente proibido, mas que, onde quer que estas coisas estejam em proeminência, elas geralmente estão juntas e contornam-a [a mulher] das outras coisas malignas que eu mencionei, e surgem da ambição e falta de pureza.


10. Como convém às mulheres; é sem sombra de dúvidas que o vestir-se das virtuosas e piedosas mulheres deva diferir daquelas devassas prostitutas. O que ele [o apóstolo] estabeleceu como marcas de distinção e piedade, devem ser testemunhados nas obras e no vestir-se com pureza.


Fonte: CALVIN, John, Commentary on The First Epistle to Timothy, BakerBooks, pgs. 65, 66 - tradução livre.
 
Fonte: http://2timoteo316.blogspot.com/2012/03/como-as-mulheres-devem-se-vestir.html
 
Divulgação: http://cultura-calvinista.blogspot.com/