segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Uma das maiores mentiras do feminismo....

Criminoso é pai de 22 filhos, mesmo tendo passado a maior parte da vida atrás das grades

Donald Holmes, um criminoso de Seattle envolvido em crimes sexuais, poderá ser internado numa clínica para maníacos sexuais por causa de seu último crime.

O ex-marinheiro de 65 anos passou 40 anos atrás das grades por vários tipos de crime, incluindo estupro de crianças e estelionatos. Ele também é suspeito de aliciar menores para prostituição.
Holmes conseguiu a “proeza” de engravidar mãe e filha simultaneamente, e recebia dinheiro de mulheres em diversas ocasiões.

Alguém poderia pensar que todo esse histórico teve efeitos negativos na reputação dele, mas muito pelo contrário, cada vez mais pareciam que as mulheres o amavam ainda mais. Ser pai de 22 crianças não é fácil mesmo sem estar preso por boa parte de sua vida, então podemos assumir que a sua atitude criminosa não teve nenhum impacto negativo no seu sucesso com as mulheres. Na verdade, parece que isso melhorou sua vida amorosa.

Mais uma vez, temos a demonstração que ser um homem honesto não tem nada a ver em ter sucesso com as mulheres, pode ser até um empecilho. Uma das maiores mentiras do feminismo é que mulheres só mostram afeição por homens honestos, e não sentem o mínimo desejo por marginais. Infelizmente, este não parece o caso.

Talvez a mensagem mais importante que conseguimos tirar aqui é que quase não há conexão entre o que excitam as mulheres e o que é realmente bom para a sociedade. É mais um mito vitoriano que mulheres no geral tem um coração bom e desejos puros. Lá no fundo, elas são tão animalescas e horríveis quanto os homens. Isso não quer dizer que elas não são humanas, mas que elas tem tantos defeitos quanto os homens.



Nenhum comentário:

Postar um comentário